Conselhos Tecnologia

Vale a pena assinar Spotify? Confira tudo sobre o serviço

Vale a pena assinar Spotify?

Pensando em assinar o Spotify mas com dúvidas se o serviço vale a pena? Veremos hoje se a versão do Spotify Premium vale a pena e as vantagens de assinar o plano família do popular serviço de músicas online.

Hoje em dia os serviços de streaming dominaram a preferência dos fãs de conteúdo áudiovisual. Assim como o Netflix está para filmes e séries e o Youtube para vídeo mais curtos e Vloggers, o Spotify se tornou o queridinho de quem curte música pela internet.

Fim do MP3 ilegal: Spotify grátis vale a pena?

Já não cabe mais falar em pirataria de músicas ou download de MP3s ilegalmente como antes, pois praticamente todo o acervo dos cantores e bandas é disponibilizada gratuitamente no Youtube, por exemplo.

Porém, se a intenção é apenas ouvir música sem detonar sua tranquia de dados do celular, o Spotify é o aplicativo que pode valer muito a pena para você.

Antes de falar da versão Spotify Premium que cobra mensalidades pelo serviço, lembramos que há uma versão grátis, muito útil para quem quer testar as principais funções do app.

O Spotify grátis apresenta as seguintes vantagens: todas as músicas do Premium estão disponíveis, é possível criar e compartilhar listas, seguir outros usuários e ser seguido, normalmente.

Porém, devido as desvantagens a seguir, não consideramos que o Spotify grátis vale a pena no longo prazo, pois suas limitações são bastante inconvenientes.

Desvantagens do Spotify Grátis

As desvantagens da versão grátis do Spotify são a reprodução de anúncios no intervalo da mudança de músicas além da impossibilidade de fazer download das faixas, o que pode ser algo bem negativo, conforme explicaremos mais à frente.

Além dos anúncios e da necessidade de estar sempre online, o Spotify grátis para celulares limita quanto você pode “pular” a música que está ouvindo em 6 vezes por hora, sendo que ao selecionar um artista específico você conta apenas com o modo seguido de reprodução das músicas.

No computador ou em tablets você pode escolher qualquer uma das músicas de forma ilimitada, mas ouvindo anúncios esporádicos.

Outra função ausente sem o Premium é o Connect, que permite a transmissão da música sendo tocada para alto-falantes, TVs, carros, etc.

spotify grátis limitações

Vantagens em baixar músicas no Spotify Premium

Quando comparado ao serviço grátis, a versão paga do Spotify praticamente liberta o usuário e parece até um outro serviço.

Uma das vantagens da versão paga é a possibilidade de ouvir as músicas do serviço sem uma conexão com a internet. Basta habilitar, enquanto na internet, a opção de modo offline nas playlists de sua escolha (inclusive as criadas por você). O serviço irá realizar o download dos títulos, e estes estarão acessíveis através do aplicativo.

Tendo uma conta premium você pode habilitar o uso do modo offline em até três dispositivos, e qualquer um desses pode ser desabilitado pela internet.

As demais vantagens são a liberdade total na reprodução de músicas, podendo pular qualquer faixa, escolher o que vai ouvir dentro de uma lista, além de não ser interrompido por nenhum tipo de anúncio, o que se torna bastante irritante depois de um tempo.

A “rede social” do Spotify

Amigos no Spotify

Você pode acompanhar o que seus amigos estão escutando no Spotify. Você também pode ocultar sua sessão se preferir.

Conforme mencionamos, uma das características mais legais do Spotify são suas funções de rede social. No aplicativo você pode seguir amigos do Facebook que também usam o serviço, e eles também podem te seguir.

O resultado é o compartilhamento de listas de músicas, onde os amigos autorizados podem fazer sugestões de novas faixas, por exemplo.

No Spotify você pode ainda seguir suas bandas e artistas favoritos, recebendo novas faixas ou compartilhando seus interesses no Facebook.

Outro recurso que era muito popular no falecido MSN e está disponível no Spotify é o de compartilhar em tempo real no Twitter ou Facebook qual música você está escutando.

Quanto custa o Spotify Premium?

A versão paga do Spotify, a Premium, conta com nada menos do que 30 milhões de assinantes no mundo todo, e mais 60 milhões de usuários não assinantes.

A mensalidade é de R$ 14,90, preço este menor do que a maioria dos serviços de streaming disponíveis no Brasil. O valor pode ser pago utilizando as principais bandeiras de cartão de crédito do Brasil, incluindo a Elo.

O preço vale para uso em apenas um dispositivo ao mesmo tempo, mas você poderá acessar o serviço em qualquer aparelho compatível, como PCs, smartphones, SmartTVs e videogames compatíveis.

Frequentemente o serviço realiza promoções para incentivar os usuários não assinantes a adquirirem o plano Premium. É necessário verificar se este é o caso no momento que pretende assinar. Se você já é usuário do serviço grátis, o próprio aplicativo geralmente avisa quando há uma promoção ativa.

Vale a pena assinar o Spotify Familiar?

Se você possui familiares ou amigos* interessados pelo serviço, o Spotify oferece uma solução: o plano familiar.

Assim como a versão mais cara do Netflix, o Spotify familiar possibilita justamente o acesso simultâneo de até 5 dispositivos ao mesmo tempo, cobrando por tal vantagem R$22,35 por mês.

Todos os 5 assinantes do plano possuem as mesmas vantagens de um assinante premium.

*Vale lembrar no entanto que o serviço não autoriza que a assinatura seja “compartilhada” entre conhecidos. Uma das exigências é de que os 5 usuários do plano morem no mesmo endereço.

Para mais detalhes e para aprender como assinar o Spotify familiar, confira a página de suporte do serviço.

Playlists do SpotifyPlaylists do Spotify

Nada do que falamos até agora se destaca mais do que as playlists disponíveis criadas pelo serviço ou usuários.

O Spotify dedica uma equipe para estudar e criar centenas de playlists com músicas temáticas, como por exemplo “músicas para acordar”, “músicas para correr”, “sexta feira”, entre outras atualizadas diariamente.

Acreditem, o trabalho feito pela empresa é magnífico. Além do bom gosto dos profissionais responsáveis pelas listas, as coletâneas apresentam novos artistas e faixas interessantes todos os dias, ampliando seu repertório musical.

Nos últimos anos, o Spotify investiu pesado para criar algoritmos capazes de sugerir músicas de acordo com os gostos pessoais de cada usuário. Um dos resultados desse esforço foi o chamado “Descobertas da Semana”, uma playlist atualizada semanalmente com músicas que o algoritmo acredita que você pode gostar de acordo com o que já escuta.

Essas playlists semanais se tornaram a funcionalidade preferida de milhões de usuários do Spotify. São músicas do mundo todo, que você magicamente gosta mas nunca descobriria.

Outro destaque do Spotify é seu imenso acervo de músicas. São mais de 30 milhões de títulos, incluindo os últimos sucessos que estão no topo das paradas pelo mundo todo. Estima-se que o serviço inclui 20 mil músicas novas por dia, pois há um espaço grande para artistas independentes e de todas as regiões.

Spotify para Android, iOS ou Windows Phone

O aplicativo em si é fácil de usar e o download das músicas mesmo na qualidade máxima de 320KBps não ocupa muito espaço.

A versão grátis, conforme mencionamos, só libera a opção de ouvir músicas seguidas dentro das listas, mas na premium você assume o controle.

Um problema que é comum tanto na versão paga quanto na grátis são as legendas: enquanto no player para computador e tablets elas aparecem de forma magnifica, nos celulares é necessário baixar uma extensão extra, que de forma improvisada sobrepõe o aplicativo, exibindo as legendas em questão.

Em qualquer PC ou tablet compatível, é possível ainda usar o Web Spotify, que não exige download adicional. Contudo, a experiência de uso é inferior ao do aplicativo nativo.

Concluindo: vale ou não a pena assinar Spotify Premium?

No fim, tudo depende de dois fatores: quanto tempo por dia você escuta música e se pode investir R$ 14,90. Em sua versão grátis, o Spotify realmente é bastante limitado. Serve bem como um teste para ver se vale a pena assinar, mas depois de um tempo os anúncios se tornam irritantes, assim como a impossibilidade de escolher as músicas.

Na nossa opinião, os R$ 14,90 são justificados pela qualidade do serviço, o enorme acervo e a praticidade, além dos diversos recursos interessantes que abordamos.

As playlists são ótimas, a qualidade das faixas é muito boa, além dos ótimos servidores do serviço, que não apresentaram instabilidades em meses de testes diários.

A decisão se vale a pena ou não assinar o premium vai do perfil do usuário: o valor é baixo, e como todos temos franquias de dados de internet nos celulares, a opção de baixar via Wi-Fi as músicas preferidas pode fazer toda a diferença. Considere ainda como bônus a eliminação dos anúncios inconvenientes entre as músicas.