Cartões de Crédito Produtos de crédito

Descubra se o Cartão Elo é bom e se vale a pena ter um

O Cartão Elo foi lançado a partir de uma parceria entre Banco do Brasil, Caixa Econômica e Bradesco no ano de 2011. Apesar de ter algumas décadas de desvantagem em relação a bandeiras como Visa, Mastercard e a pioneira Diners Club, a Elo já se tornou extremamente popular.

Com estratégias ousadas, os 3 grandes bancos criadores da Elo passaram a emitir milhões de cartões de suas contas mais simples, como as constas Poupança da Caixa ou contas correntes mais básicas no BB e Bradesco.

Com uma “nova” bandeira no mercado, muitas dúvidas e reclamações surgiram, tanto quanto a confiabilidade dos cartões quanto a aceitação da bandeira no mercado.

Aqui você irá conferir se o Cartão Elo vale a pena, onde ele é aceito além de tirar todas as suas dúvidas sobre a Bandeira.

Onde o Cartão Elo é aceito?

Uma das maiores reclamações dos donos de um Cartão Elo é sobre sua aceitação em estabelecimentos comerciais. Até pouco tempo atrás, isso realmente era um problema, com o cartão deixando muitas pessoas na mão e causando momentos bastante constrangedores.

Quem não possuía uma segunda opção, era obrigado a sacar dinheiro vivo em caixas eletrônicos ou 24h. Apenas as maquininhas da Cielo aceitavam esses cartões até o início de 2016.

Esses tempos já passaram. Hoje a bandeira é aceita em milhões de estabelecimentos graças as Maquininhas Rede passaram a aceitar o Cartão Elo.

O grande problema se dava por um acordo de exclusividade entre a Elo e a Cielo.

Além das maquininhas da Rede e Cielo, atualmente as da Getnet (Santander) também aceitam a bandeira, o que a coloca em pé de igualdade em relação as duas grandes bandeiras norte Americanas, Visa e Master.

Sou obrigado a ter um Cartão Elo?

Em que pese os bancos mencionados no início da matéria incentivarem a emissão de cartões de débito e crédito Elo, cabe ao consumidor decidir qual é melhor para si, ficando sujeito a disponibilidade.

O consumidor deve sempre se lembrar de que não é obrigado a aceitar um cartão do qual não tenha interesse. Além disso, você pode pedir um cartão de crédito e débito de uma bandeira diferente em seu banco. Porém, não há garantias de que seu pedido será atendido.

Cartão Elo é internacional?

Outro grande problema do Cartão Elo em sua modalidade crédito, era o fato de ser aceito apenas no Brasil. Como muitas pessoas utilizam seus cartões para realizar compras em sites internacionais ou assinar serviços de fora, o Elo se tornava um grande limitador.

Felizmente isso mudou, já que a bandeira fechou uma parceria com a bandeira Discovery e passou a ser aceito em 185 países.

É importante consultar seu banco sobre a aceitação internacional do Cartão Elo, já que eles podem ter emitido para você uma variante não aceita no exterior.

Atualmente, os cartões Elo Grafite e Elo Naquim são aceitos normalmente no exterior, desde que o estabelecimento esteja credenciado para aceitar a bandeira Discovery.

Serviços de carteira virtual, como o PayPal, aceitam normalmente os cartões Internacionais Elo.

Programa de pontos Elo

Outra dúvida frequente é sobre o programa de fidelidade da Elo. Como forma de incentivar a bandeira, muitos bancos estão oferecendo quantidade maior de pontos por dólar gasto nos cartões de crédito Elo.

É o caso do cartão Elo emitido pelo Banco do Brasil, que com o uso do crédito, gera mais pontos do que cartões equivalentes da Visa e Mastercard, conforme vemos abaixo:Programa Pontos para Você

O cartão que mais acumula pontos, por exemplo, é o Elo Nanquim, voltado para clientes com maior poder aquisitivo.

Vale lembrar que o cálculo do acumulo de pontos é o dólar, mas isso não quer dizer que não vale para o real. Basicamente, o sistema gera a quantidade de pontos equivalente ao pagamento da fatura do cartão utilizando a cotação do dólar.

Por exemplo, se você tem um cartão Elo Mais e sua fatura for de R$ 500, você ganhará cerca de 182 pontos (cotação do dólar em 26/12). Em comparação, o mesmo valor no Gold Visa ou Mastercard resultaria em 152 pontos.

Cartão Elo é bom?

Até alguns anos atrás, ter um cartão Elo era sinônimo de embaraços frequentes já que a bandeira não era aceita na maioria dos estabelecimentos comerciais.

Já pensou, comer no restaurante e não poder pagar?

A situação hoje é bastante diferente. Como vimos, a bandeira Elo já é aceita pelos estabelecimentos que possuem as principais maquininhas.

O cartão de crédito Elo já internacional, podendo ser usado no exterior. Além disso, com o fim da exclusividade com a Cielo, a aceitação da bandeira cresceu bastante.

Porém, a verdade é que ainda existe uma boa quantidade de lojas que não aceitam Elo, seja para utilização do crédito ou débito. Isso acontece principalmente devido a possíveis discordâncias entre a loja e a credenciadora e o valor cobrado para que a bandeira seja aceita.

Ainda, muitos lojistas não sabem que podem começar a aceitar a bandeira, e que para isso precisam entrar em contato para ativar a aceitação na maquininha. Caso você costume frequentar uma loja que possui maquininha da Rede mas que ainda não aceita Elo, converse com o gerente expondo tal possibilidade.

Sobre sua segurança e confiabilidade, não há com o que se preocupar, já que alguns dos maiores nomes do Brasil fazem parte do grupo por trás da Elo.