Empreendedorismo Investimento Investimentos

3 CEOs revelam os maiores erros ao buscar investimento

buscando investimento

A captação de recursos é provavelmente uma das experiências mais duras pela qual qualquer empreendedor pode passar. Alias, é sim a mais dura. Conseguir investimento é algo bagunçado, exaustivo, desmoralizante, amedrontante e intenso. Eu mesmo passei por isso no final de 2015, o que me deu uma apreciação incrível por aqueles que também o fizeram em escalas muito maiores.

Felizmente, eu estava cercado por profissionais experientes em conseguir investimentos que me deram conselhos inestimáveis. Eu aprendi algumas coisas esclarecedoras sobre como e por que as pessoas investem, incluindo:

  1. Você pode conseguir investimento com nada além de uma ideia e reputação. Literalmente.
  2. Pouquíssimas pessoas de fato analisam seu modelo financeiro no começo, já que os números são basicamente inventados.
  3. Nunca conte com um investimento a não ser que o dinheiro já tenha sido transferido.

Perguntamos para alguns CEOs experientes o que eles acreditam ser os maiores erros que as pessoas fazem quando estão atrás de investimento. Confira abaixo!

Buscar investimento quando você não precisa. Gary Vaynerchuk, guru do empreendedorismo e fundador da Vaynermedia, diz que há uma epidemia de pessoas captando recursos sem um proposito verdadeiro. Vaynerchuck diz ainda que as pessoas erroneamente celebram qualquer investimento sem perceberem que acabaram de dar um pedaço dos seus negócios para pessoas de fora. Ao invés de focar em conseguir lucros e criar um negócio de verdade, empreendedores enxergam investimentos obtidos como sinônimo de sucesso. Isso está errado.

Levantar pouco dinheiro. Mellody Hobson, presidente da Ariel Investments, diz que empreendedores frequentemente subestimam quanto dinheiro precisam. Empreendedores são criaturas otimistas por natureza. Isso pode os deixar despreparados em relação a dinheiro quando as coisas não vão perfeitamente de acordo com o plano.

Despesas = sucesso. “O maior erro é pensar que você precisa mostrar gastos para mostrar progresso”, diz Scott Galloway, um empreendedor serial e professor da Universidade de Nova York. Eu mesmo já ouvi isso muitas vezes. Muitos investidores em potencial já nos perguntaram sobre nosso burn rate – a velocidade na qual gastamos dinheiro além de nossa receita. Para alguns, ter um burn rate lento é bom, já que isso fornece tempo para refinar o produto e encontrar o market fit. Para outros, ter um burn rate lento sugere que eles não estão crescendo rápido de mais ou investindo o suficiente no produto para o escalar apropriadamente. Cada opinião tem seus méritos, mas empreendedores frequentemente se sentem tão pressionados a mostrar crescimento que acabam gastando o dinheiro rápido de mais. Em outras palavras: tentando mostrar que você está crescendo rápido, pode acabar destruindo seu negócio.